notícias

DELATOR PÕE TEMER NO "OLHO DO FURACÃO" E AMEAÇA GOVERNO

DELATOR PÕE TEMER NO

18

maio

O escândalo envolvendo Michel Temer já motivou pedidos de impeachment e presões de parlamentares pela renuncia do presidente.

O presidente Michel Temer (PMDB), em curto pronunciamento à nação, na tarde desta quinta-feira (18) disse que não irá renunciar, repudiou a acusação de que teria solicitado pagar pelo silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha, cassado, e reiterou: "insisto e novamente repito: em nenhum momento, a quem quer que seja, paguei para alguém ficar calado". 

escutem a materia...

visitante

3 4 9 5 4

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar